actualizado: Sun, 16 Dec 2012 20:25:40 GMT | de Lusa

“Cortes não serão só nas pensões mais elevadas” - João Semedo

O coordenador do Bloco de Esquerda (BE) João Semedo defendeu hoje que Passos Coelho “desvendou um pouco mais” onde o Governo pretende poupar quatro mil milhões de euros, considerando que “os cortes nas pensões não serão só nas mais elevadas”.


MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

“Vai haver um corte muito significativo no valor das pensões e nas reformas e, ao contrário do que o primeiro-ministro disse hoje, não será só nas pensões mais elevadas. Será um corte que atingirá todas as pensões”, defendeu o dirigente bloquista.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu hoje a necessidade de os reformados com pensões mais elevadas darem ao Estado um “contributo maior”, o que na sua opinião não viola a Constituição da República.

“Queixam-se de lhes estarmos a pedir um esforço muito grande”, disse Passos Coelho em Penela, considerando que esses reformados e pensionistas “descontaram para ter reformas, mas não para terem aquelas reformas”.

Em declarações à Lusa, João Semedo defendeu que “as palavras do primeiro-ministro confirmam que o Governo se prepara para cortar nas pensões e nas reformas e que esse corte faz parte da poupança de quatro mil milhões que o Governo já acordou com a ‘troika’”.

“Quando fala de cortar as pensões muito elevadas está-nos a enganar”, realçou, considerando que “todas vão ter um corte muito significativo”.

Para o coordenador do BE, “cortar nas pensões e nas reformas é insistir e agravar o empobrecimento a que está a conduzir as famílias portuguesas. É mais austeridade sobre uma austeridade que já pesa muito”.

João Semedo considerou ainda “extraordinário” e “caricato” que Passos Coelho diga que a dívida pública do Estado português deverá estar paga dentro de 20 ou 30 anos.

“A dívida pública vai demorar muitos anos a pagar, não é um ou dois, qualquer coisa como 20 ou 30 anos”, afirmou Passos Coelho, durante uma visita ao concelho de Penela.

O coordenador bloquista afirmou que é “caricato” que “o Governo e primeiro-ministro que não fazem outra coisa que não seja aumentar a dívida venha agora dizer que demorará 20 ou 30 anos a pagar”, reiterando a necessidade de renegociar o valor da dívida e dos juros.

JNM / (CSS) // PGF

2Comentários
17 dez, 2012 10:58
avatar

O Sr. PM, tem que cortar sim, naquelas Reformas que os Governos (combinaram), como por exemplo a reforma de 18.500 euros, que o próprio diz que foi combinada com o Governo de Durão Barroso, para vir do BPI, para a CGD durante 18 meses, e combinou com o Governo ficar com uma Pensão de 18.500 euros, aos 56 anos de idade, ele próprio o confirma, são essas, ou aquela outra que a sua amiga Assunção Esteves, que descontou 12 anos, e reformou-se aos 42 anos com 2.500 euros, são essas que o Sr. tem que fazer as contas como devem ser feitas...e...cortar nelas! E também naquelas em que recebem 175.000 euros, que ninguem sabe quanto descontaram, nem sobre quanto, nem durante quantos anos o fizeram, ou aquelas como o seu amigo Catroga, que quando era Ministro das Finanças, o seu último Despacho que assinou, foi a sua Reforma de 14.000 euros, e que ao fim de dois anos passaria para pouco mais de 16.000 euros, são essas as Pensões que o Sr. tem que rever, essas sim!

Agora quem descontou mais de 40 anos para ter uma reforma de pouco mais de 1.600 euros, essas têm que ser inticáveis, e quando o Sr. lhe toca...des****lpe mas está a ROUBAR! Pura e simplesmente a ROUBAR! Porque as pessoas depositaram o seu dinheiro nas mâos do Estado, para o Estado o Rentabilizar (como fazem nos Países ditos desenvolvidos) e quando chegarem a altura da Reforma o Estado com esse dinheiro pagar as ditas reformas, que feitas bem as contas dá perfeitamente para as pagar, e ainda sobra dinheiro e muito! Se quizer eu faço-lhe as contas todas.

17 dez, 2012 03:53
avatar

O SR. JOAO SEMEDOM A SUA BANCADA E A DO PS DEVIAM TER VERGONHA DE NOS TEREM LEVADO AO ESTADO EM QUE ESTAMOS. DISSERAM QUE SIM AGORA DIZEM QUE NAO, OS SRS DEVEM DITAR CONVERSA LA PARA OS LADOS DA BIRMANIA CHINA E OUTRS. AS REFORMAS DESTE PAIS E OS ORDENADOS "CHORUDOS" SÃO UMA AFRONTA AO POVO PORTUGUES. COMO É POSSIVEL HEVER ALGUEM NESTE PAIS COM REFORMAS DE MILHARES DE EUROS E ORDENADOS 23X ACIMA DO ORDENADO DO PRESIDENTE DA REPUBLICA!!!! NIGUEM QUALQUER QUE SEJA O CARGO OU O LUCRO QUE DÁ DEVIA TER ORDENADO SUPERIOR AO DO PRESIDENTE DA REPUBLICA E AS REPFORMA PARA ALEM DE 1500 EUROS DEVIAM SER TODAS CORTADAS ATE ENDIREITAR ESTA ****. OU PAGAMOS TODOS OU NIGUEM PAGA. OS SENHORES EXPERIMENTE A GOVERNAR A SUA CASA COM UMA REFORMA DE 500 EUROS COM FILHOS PARA SUSTENTAR E DEPOIS DITEM CONVERSA!!! TENHAM VERGIONHA E RESPEITO PELAS FAMILIAS QUE PASSAM FOME!!! CORTAR FATIAS GROSSAS NESSES ****S COM REFORMAS E OREDENADOS SUPER!!!VÃO PARA A **** QUE OS PARIU!!!!!!!!!!!!

Denunciar
Por favor ajude-nos a manter uma comunidade mais saudável, reportando qualquer comportamente ilegal ou inapropriado. Se acreditar que a mensagem viola oCódigo de CondutaPor favor utilize este formulário para notificar os moderadores. Eles investigarão o seu relatório e tomarão as medidas adequadas. Em caso de necessidade, as devidas entidades reguladoras serão informadas sobre qualquer actividade ilegal.
Categorias
Limite de 100 Caracteres
Tem a certeza que quer apagar esta mensagem?

últimos vídeos informação

evento nacional

Último dia do Festival Super Rock no Meco, Sesimbra.  - 1(©LUSA  TIAGO PETINGA)
Último dia do Festival Super Rock no Meco, Sesimbra.

evento internacional

Manifestações pro-palestinianas. - 1(©LUSA  ANDY RAIN)
Manifestações pro-palestinianas.

votação

Qual foi o melhor primeiro-ministro dos últimos 20 anos?

Primiero Voto Ver os resultados

  1.  
    17 %
    Passos Coelho
    3.302 Votos
  2.  
    22 %
    José Socrates
    4.292 Votos
  3.  
    5 %
    Santana Lopes
    892 Votos
  4.  
    5 %
    Durão Barroso
    957 Votos
  5.  
    36 %
    António Guterres
    6.815 Votos
  6.  
    15 %
    Cavaco Silva
    2.895 Votos

Total das respostas 19.153
Inválido