Futebol: I Liga (4.ª jornada) - Benfica com deslocação de risco a Coimbra

Futebol: I Liga (4.ª jornada) - Benfica com deslocação de risco a Coimbra

Porto, 20 set (Lusa) - O líder Benfica desloca-se domingo ao reduto da Académica, no jogo "grande" da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol, que regressa no próximo fim de semana, depois de uma inexplicavelmente longa paragem.

A formação "encarnada" regressa a um relvado onde a época passada se ficou por um empate a zero, precisamente antes da receção ao FC Porto, que venceria na Luz por 3-2, dando um passo decisivo para revalidar o título.

Desta vez, e após três jornadas, o Benfica também chega a Coimbra na frente, com sete pontos, os mesmos do FC Porto, que apenas perde para o "onze" de Jorge Jesus no que respeita aos golos marcados (10-2 contra 7-2).

Na ressaca da primeira jornada da fase de grupos das provas europeias, os "encarnados" jogam pela primeira vez internamente depois do adeus de Javi Garcia e Witsel, vendidos a Manchester City e Zenit, respetivamente, e do castigo de dois meses a Luisão.

Os "encarnados", que começaram com um empate (2-2 na receção ao Sporting de Braga) e depois golearam em Setúbal (5-0) e venceram o Nacional (3-0), defrontam uma equipa que ainda não venceu, mas também continua sem perder.

A Académica empatou nos redutos do Beira-Mar (3-3, após estar a perder por 3-0) e do Rio Ave (0-0) e, pelo meio, na receção ao Olhanense (1-1), seguindo a meio da tabela, no nono lugar.

A formação da Luz tem a vantagem de ter mais um dia de descanso, já que atuou quarta-feira na Escócia, face ao Celtic (0-0), enquanto a Académica apenas joga hoje na República Checa, frente ao Viktoria Plzen, no regresso à Europa, 41 anos depois.

Se, previsivelmente, o Benfica pode ter problemas, o FC Porto tem pela frente, no sábado, um embate teoricamente acessível, no Estádio do Dragão, face ao Beira-Mar, que ainda não ganhou (dois empates, ambos em casa, e uma derrota, em Braga).

Os "dragões" chegam moralizados ao primeiro jogo no campeonato após o adeus de Hulk, vendido ao Zenit, face ao triunfo por 2-0 no reduto do Dínamo de Zagreb (2-0, com tentos de Lucho e Defour), na estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões.

No que respeita aos outros "alegados" candidatos ao título, o Sporting de Braga recebe domingo o Rio Ave, depois da traumatizante estreia na "Champions", com um desaire por 2-0 na receção aos romenos do CFR Cluj.

As duas formações seguem igualadas no grupo dos sextos colocados, com quatro pontos, mais dois do que o Sporting, que - "afundado" no 12.º lugar, depois de um início desastrado, com dois empates e uma derrota - recebe segunda-feira o Gil Vicente, ainda sem golos marcados ou sofridos (três 0-0, um com o FC Porto).

No que respeita aos outros embates, destaque logo a abrir, na sexta-feira, para o Moreirense-Vitória de Guimarães, que pode valer a liderança isolada, ainda que à condição, do recém-promovido conjunto de Moreira de Cónegos.

Após três jogos, o "onze" de Jorge Casquilha segue no terceiro posto, com os mesmos cinco pontos de Paços de Ferreira (joga domingo no reduto do Nacional) e Marítimo (desloca-se na segunda-feira à casa do Estoril).

O outro encontro da jornada está marcado para domingo, no Estádio do Bonfim, onde o Vitória de Setúbal, penúltimo classificado, recebe o Nacional, último.

- Programa da quarta jornada:

Sexta-feira, 21 set

Moreirense - Vitória de Guimarães (20:15)

Sábado, 22 set

FC Porto - Beira-Mar (20:30)

Domingo, 23 set

Vitória de Setúbal - Olhanense (16:00)

Nacional - Paços de Ferreira (16:00)

Sporting de Braga - Rio Ave (18:00)

Académica - Benfica (20:15)

Segunda-feira, 24 set

Estoril - Marítimo (19:00)

Sporting - Gil Vicente (20:15)

PFO.

Lusa/Fim.