Maomé/Filme: EUA vão manter-se "firmes contra a violência" - Obama

Maomé/Filme: EUA vão manter-se "firmes contra a violência" - Obama

Washington, 14 set (Lusa) - Os Estados Unidos vão "manter-se firmes" contra a violência anti-norte-americana no mundo muçulmano, disse o presidente Barack Obama, quando assistia ao regresso dos corpos de quatro norte-americanos mortos na Líbia.

"O seu sacrifício não será esquecido, os responsáveis pelo que sucedeu vão prestar contas. Vamos manter-nos firmes face às violências contra as nossas missões diplomáticas", afirmou Obama durante uma cerimónia num hangar da base aérea de Andrews, nos subúrbios leste de Washington.

O embaixador dos EUA na Líbia Chris Stevens, o oficial de informações Sean Smith, e os antigos fuzileiros Tyrone Woods e Glen Doherty, foram mortos quando uma multidão atacou e incendiou na terça-feira o consulado em Benghazi (leste), em protesto contra um filme de origem norte-americana que denigre a imagem do profeta Maomé e o Islão.

Os corpos foram retirados do avião militar C-17, que os transportou desde Tripoli, por sete fuzileiros em uniforme, com os caixões cobertos pela bandeira norte-americana.