actualizado: Sun, 01 Dec 2013 11:27:08 GMT | de Lusa

Todos os corpos do avião da LAM retirados do parque nacional da Namíbia

As vítimas do acidente com o avião moçambicano na Namíbia foram retiradas do Parque Nacional de Bawbwata, mas as caixas negras do aparelho ainda não terão sido recuperadas, disse à Lusa um responsável das áreas protegidas namibianas, Colgar Sikopo.


RICARDO BERNARDO/LUSA

RICARDO BERNARDO/LUSA

Apesar de não ter estado no local onde os destroços do avião das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) despenhado na sexta-feira foram encontrados, Colgar Sikopo afirmou hoje à Lusa que "todos os corpos foram removidos e levados para Rundu, capital da região de Kavango, a 300 quilómetros do local do acidente".

Diretor dos serviços regionais e de gestão de parques nacionais, Colgar Sikopo recebeu a indicação de que as caixas negras do aparelho ainda não tinham sido encontradas às primeiras horas de hoje, mas remeteu mais informações para a autoridade civil da Namíbia.

Um aparelho das LAM, que fazia o voo Maputo-Luanda, caiu no parque nacional de Bawbwata, no norte da Namíbia, vitimando todos os ocupantes: seis tripulantes e 27 passageiros, entre os quais seis portugueses.

O Parque Nacional de Bwabwata, criado em 2007, ocupa mais de 6.200 quilómetros quadrados, ao longo de 180 quilómetros das margens do rio Okavango, numa zona habitada por 5.500 pessoas e milhares de espécies de animais.

Segundo descreveu à Lusa Cletius Maketo, vice-diretor para a região nordeste do Ministério do Ambiente e Turismo da Namíbia, o avião despenhou-se numa zona de floresta com solo pesado e arenoso, que obriga à utilização de veículos todo-o-terreno.

Contactado hoje pela Lusa, o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, disse que as autoridades de Lisboa estão em contacto com as famílias das vítimas portuguesas e a prestar, aos que se deslocaram a África, a assistência possível e solicitada sob a coordenação da Direção Geral dos Assuntos Consulares.

“A equipa ao serviço do apoio às famílias é a que for necessária e nos vários postos consulares da região envolvida”, assinalou José Cesário.

O secretário de Estado acrescentou ainda não ter uma data precisa para a transladação dos corpos para Portugal, mas acredita que essa ação seja possível ao longo da semana.

O avião das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que partiu na sexta-feira de Maputo, foi encontrado no sábado carbonizado no Parque Nacional de Nwabwata, no norte da Namíbia, não existindo sobreviventes.

SS/HB/PJA (DYA(JCS) // HB

0Comentários

últimos vídeos informação

votação

Qual foi o melhor primeiro-ministro dos últimos 20 anos?

Primeiro voto Ver os resultados

  1.  
    17 %
    Passos Coelho
    3.568 Votos
  2.  
    22 %
    José Socrates
    4.614 Votos
  3.  
    5 %
    Santana Lopes
    981 Votos
  4.  
    5 %
    Durão Barroso
    1.042 Votos
  5.  
    36 %
    António Guterres
    7.412 Votos
  6.  
    15 %
    Cavaco Silva
    3.170 Votos

Total das respostas 20.787
Inválido